New Music International Festival. De 04 a 09 de dezembro de 2012. Oi Futuro Ipanema, RJ, Brasil
Novas Frequências

Pole ao vivo

Apresentações ao vivo de artistas que você ama são muito perigosas: sempre há o risco da decepção, afinal de contas, a expectativa não tem como não ser a mais alta possível.

Pois assisti o pole recentemente na Cracóvia e o queixo caiu. É tão bom, senão for melhor, do que em disco. Foram poucas vezes em que os poloneses, sempre frios, vibraram com uma apresentação. pole foi tão aplaudido que ficou envergonhado. Muitas vezes virava de costas entre uma música e outra, possivelmente para os flashes das câmeras não revelarem suas bochechas vermelhas.

Stefan Betke está no auge da sua forma. Seu novo trabalho está mais colorido, especialmente mais verde (o nome da trilogia de singles que lançou nos últimos meses se chama, em português, claro, “Histórias da Floresta”), e também mais dançante. Ainda assim, há muito noise nas texturas, um elemento que, mesmo não sendo novo em sua sonoridade, agora está mais vivo do que nunca.

Ao vivo, Betke opera a mesa de som como poucos. É um verdadeiro dubmaster jamaicano de sangue germânico. King Tubby ficaria orgulhoso.

OBS: desculpem a má qualidade de áudio dos vídeos. iPhone…

E você já sabe. Dia 05 de dezembro o pole toca na 2ª edição do Festival Novas Frequências, no Oi Futuro Ipanema, no Rio. E no dia 08 de dezembro, na Edição Especial São Paulo. Aliás, precisamos de sua ajuda para que este show aconteça.

___

Post originalmente publicado no OESQUEMA/CHICODUB. Chico Dub é curador do Novas Frequências.

 
Comments